segunda-feira, 24 de abril de 2017

Reflexão!

Muitas vezes temos momentos na vida que nos fazem pensar...

Ontem estive no hospital onde dei vida três vezes... vi pessoas que morrem devagarinho... 

Há um filme que gosto imenso, o Love Actually, em que o Hugh Grant diz que o sitio com mais esperança e amor que conhece é o terminal de chegadas do aeroporto... hoje dei por mim a pensar que a sala de espera do hospital também pode ser!

Por um lado, a esperança de quando um dos nossos está doente e queremos que fique bem e partilhamos isso com as pessoas que estão lá e sofrem o mesmo que nós... Por outro lado, quando já não há nada a fazer a esperança de que Deus acolha os nossos no Seu colo.

Na sala de espera do hospital reencontramos família que não vemos há muito, abraçamos quem precisa de conforto, amparamos e amparam-nos quando caminhamos corredor fora...

Visitar alguém num hospital recorda-nos sempre da nossa própria fragilidade e essa só se resolve de uma forma: de joelhos no chão!


Ausencia

Tenho andado ausente daqui...

Felizmente, por coisas boas :)

Trabalho: muito! O que pode ser cansativo mas mais vale ter muito do que nenhum!

Família: muito cheia do amor da familia que me preenche sempre!

Catequese: E este sentimento de serviço a Deus que me torna tão melhor!

Gravidez: O puto, óptimo! Cada vez maior!

Tenho-me sentido agradecida a Deus muitas vezes por tudo o que me tem dado e de facto não me tem dado para vir aqui :P


6/12

Na Quaresma li um livro sobre o casamento.

A forma como está escrito retrata um casal e as suas "coisas" de casal :) Está escrito de uma maneira muito engraçada, mas se me revejo nalgumas caracteristicas, não me revejo noutras e nem sei muito bem avaliar se concordo com tudo o que está lá escrito :)

Estou  à espera que o JP o leia para falarmos sobre ele. É tão mais fácil quando o meu JP clarifica o que estou a pensar!

 

sábado, 15 de abril de 2017